Protagonismo na liderança: 3 habilidades fundamentais

Atualizado: Fev 13

Estamos na era da ressignificação, na qual precisamos estar dispostos a aprender a desaprender para reaprender. Devemos optar entre sermos plateia ou sermos protagonistas, precisamos (re)ver a forma como trabalhamos gestão e liderança, entender a diferença entre gestor e líder e o potencial de impacto que surge através dessas mudanças.



Quando falamos em assumir o protagonismo na liderança a sua função vai além do tradicional ajudar a sua equipe a cumprir os prazos, serem eficazes no trabalho e motivá-los. O protagonismo na liderança hoje passa pela criação de um ambiente propício para que as pessoas possam assumir o protagonismo.


Além disso, um líder deve ter, por natureza, uma força de inspirar as demais pessoas no ambiente de trabalho. Quando normalmente olhamos uma pessoa com liderança, rapidamente criamos uma identificação, fazendo com que suas atitudes e conselhos funcionem com mais força, motivando a trabalhar e atingir o sucesso.

O fato é que hoje as lideranças serão desafiadas constantemente por fatores internos e externos ao seu ambiente. Para se destacar nesse ambiente é fundamental desenvolver 3 habilidades:


1 - Fazer boas perguntas

O ser humano é singular e combinar isso com as necessidades de resultado que toda liderança tem que ter como alvo pode tornar-se algo complexo. Por isso, a capacidade de fazer boas perguntas será decisivo para que a liderança acesse a singularidade de cada membro da sua equipe e consiga produzir resultados.


2 - Aprender a ser liderado

Os ambientes hierarquizados continuam no ambiente corporativo, porém é muito importante a liderança assumir que hoje os ecossistemas em rede são cada vez mais usuais nas interações. Em alguns momentos, é fundamental o líder ser liderado pela sua equipe. Seja num projeto, numa reunião, numa criação, dar protagonismo é dar acesso as pessoas para liderarem a serem lideradas.


3 - Transforme erros em possibilidades para avançar

Uma diferença fundamental causada pela transformação digital é a forma como tratamos os erros. O erro hoje é uma excelente ferramenta para avançar e isso não quer dizer falta de compromisso com o resultado e sim a capacidade de coletar os aprendizados desse erro e avançar.


Nos meus trabalhos nas empresas eu costumo dizer que “não existe fórmulas prontas, quando o assunto é liderança!”. O que faz a diferença é observar as pessoas e o ambiente e ver o que funciona no seu ecossistema.


Se quiser continuar esse bate-papo interage comigo através do falecom@jonnaslima.com.br


Eu vou adorar ajudar você!

CONECTE-SE

CONTATE

RECEBA MEUS CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

© 2020 by Jonnas Lima.